12mar

FRETE – VALOR, UM COMPONENTE IMPORTANTE DO FRETE

Postedo por orlando como Logística e Transportes


NÃO SE PODE CONFUNDIR COM CUSTO DE SEGURO

O segundo importante componente do frete rodoviário é o frete-valor ou ad-valorem. Funcionando como equalizador entre os bens de pequeno valor agregado e os mais valiosos, é de se ressaltar que o frete-valor insere um componente social importante, proporcionando redução de preço das mercadorias mais baratas em relação às mais caras.

Na composição do frete-valor são consideradas as despesas com o seguro obrigatório de responsabilidade civil para prevenir possíveis avarias ou roubos da mercadoria sob custódia, além do material de proteção – assim denominado os calços, cantoneiras e protetores – de mão-de-obra especializada e de controle documental de segurança.

Não se pode, entretanto, confundir o ad-valorem com o seguro: este deve ser contratado pelo dono da mercadoria para cobri-la em todas as etapas e durante os diferentes meios de transporte que a mercadoria – principalmente a importada ou exportada – utiliza. O frete-valor será calculado para a provisão de riscos que, mesmo inerentes ao transporte, não são cobertos pelo seguro, ou seja, será necessário arcar com os custos adicionais de seguro com cobertura ampliada para poder cobrir esses riscos.

Saliente-se que as disposições contidas no artigo 82 do Código Civil e as instruções normativas da Receita Federal nº 13, de 01.03.77, e nº 136, de 19.12.80, enquadram o frete-valor como passível de tributação.

-        FORMAÇÃO DOS CUSTOS           -

FRETE VALOR

O frete-valor é calculado somando-se todos os custos incidentes no Gerenciamento dos Riscos de Acidentes e Avarias, quais sejam:

  1. 1. prêmios de RCTRC (seguro de responsabilidade civil)
  2. 2. administração de seguros
  3. 3. fundo para indenização de extravios
  4. 4. segurança interna
  5. 5. seguros e instalações
  6. 6. outros seguros

(temos o RR que, inclusive, cobre molhadura e tombamento da carga, sem acidente com o veículo transportador)

GRIS

Como se calcula a taxa referente ao GRIS?

A taxa referente ao GRIS é calculada somando-se todos os custos relacionados ao gerenciamento do risco de roubo da carga, em especial as referentes ao:

  1. 1. prêmios de RCF-DC ( seguro facultativo de desvio de carga);
  2. 2. Salários do pessoal envolvido
  • Monitoramento de equipamentos de rastreamento e segurança
  • Horas extras
  • Encargos sociais
  1. 3. Investimentos
  • Investimento em sistema de rastreamento e monitoramento
  • Taxa de habilitação de equipamentos
  • Retorno do investimento
  • Reposição dos equipamentos
  1. 1. Custos operacionais de gerenciamento de riscos
  • Taxas do FISTEL
  • Bilhetagem
  • Air Time
  • Consulta e cadastro de carreteiros
  • Escoltas

1 Response para FRETE – VALOR, UM COMPONENTE IMPORTANTE DO FRETE

beatriz celiwel hoverly

julho 5th, 2010 at 17:36

o artigo é esclarecedor, interessante; a falha é q n tem bibliografia…pena!

Comentários

Calendário

maio 2019
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031